sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Não quero ir à praia, … não quero brincar na areia, … não quero ….

 
Ilustração de Gabriela Herrera
 
Mas vais querer, com certeza, ler a nossa sugestão de leitura para o fim de semana.

É um livro com três histórias que, supostamente são apenas para os meninos que só dizem “não quero”, mas que podem também ser lidas pelos outros meninos e meninas que gostam de histórias de
dragões, fadas amarelas, magos distraídos, princesas bonitas, florestas encantadas.

Era uma vez...
É assim que começam todas as histórias e contos mágicos, num mundo de faz de conta e este livro não foge à regra.
Era uma vez … um menino que não queria comer a sopa, não queria dormir, não queria estar em casa, não queria ir para a rua, não queria tomar banho, não queria sair do banho, enfim, não queria.
Era uma vez … uma princesa que não gostava de comer com as mãos e resolveu inventar um garfo.
Era uma vez … um menino que pediu a um mágico que o pusesse a falar com os seus brinquedos, mas o mágico era muito distraído, enganou-se nas palavras mágicas e causou uma grande confusão.


Histórias para meninos “não quero”
Texto de Vanda Gonçalves
Ilustrações de João Tinoco
Gradiva Publicações

“À hora do almoço o menino começou a protestar:
- Xão xero xopa. Xão xero xopa.
- Filho, come a sopa – disse a mãe, como dizia sempre.
- Xããão xero.
- Por que é que estás a falar assim? - perguntou o pai. - Come a sopa. Nunca queres comer a sopa, não pode ser.
A seguir ao almoço, quando passou perto do gato, reparou que o gato estava a cantar.
- Mas tu cantas gato? - perguntou o menino.
- Canto – respondeu o gato.
- Mas tu falas? - perguntou-lhe o menino, muito admirado.
- Falo, sempre falei. Só agora é que reparaste?
- Sim. Queres brincar?
E foram brincar. Como de costume, o menino atirava uma peça de lego para debaixo das mesas e cadeiras e o gato saltava para a apanhar.
- Xai, xabias xe xo xato xalava?
- Ó filho, não consigo perceber nada do que estás a dizer! É uma brincadeira que trouxeste da escola? É engraçada.
- Xão.”


   JOÃO TINOCO

Designer gráfico e ilustrador freelancer, tem o curso de Design do IADE.
Em 1990 entra para o atelier “Acácio Santos”. Em 1993 passa a trabalhar como freelancer e em 1996 cria com alguns colegas a “5 em Tempo, Design” onde desempenhou a função de responsável pela área do Design Gráfico. Desde 2006 trabalha como independente.
Ilustrou livros de Alice Vieira e António Mota.
Em 2008 cria um projeto editorial próprio, a Hamsa, dedicado à divulgação das grandes tradições espirituais.
Paralelamente é professor de aikido no Belenenses, Associação TenChi e Instituto Jacob Rodrigues Pereira da Casa Pia de Lisboa. Dá aulas de iaido no Colégio Marista de Carcavelos.




Os meninos "não quero" ficam à espera
de todos os meninos que querem ler.
 
Bom fim de semana
 
Ilustração de Helen Correll

Sem comentários:

Enviar um comentário

VAIS GOSTAR TAMBÉM DE:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger..."