sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

HOJE É 6ª FEIRA, 13




E o que significa esta data??
Que ontem foi dia 12 e amanhã é dia 14!!!

 Ainda bem, porque de seguida vem o fim de semana e com ele o Dia dos Namorados, 
depois umas miniférias com o Carnaval pelo meio.

Porque a imaginação leva-nos aonde queremos, sugerimos-te um lugar onde podes comemorar todas estas datas. A cidade onde se comemora o mais famoso Carnaval da Europa, com belíssimas máscaras, também considerada uma das mais românticas cidades do mundo, Património da Humanidade, a bela


Ilustração Alex Levin

Veneza situa-se no Nordeste da Itália, na região do Veneto. A cidade está assente em 118 ilhas e é servida por 177 canais no extremo norte do mar Adriático. As ilhas sobre as quais foi construída a cidade de Veneza têm cerca de 400 pontes e a sua principal via de comunicação é o Grande Canal, com cerca de três quilómetros.


 Lá, vais descobrir o que acontece em noites de lua cheia.
Deves estar a pensar: Aqui há gato!....

 Pois muito bem.







Texto de Beatrice Masini
Ilustrações de Octavia Monaco
Editora Livros Horizonte


“De noite todos os gatos são pardos, porque o escuro é tão escuro que apaga todas as cores, mesmo a cor do pêlo dos gatos.
Mas não em Veneza. Não em Veneza, nas noites de lua cheia.
Porque é nessas noites que os gatos de Veneza exibem todas as suas cores: arqueiam o dorso e espetam o pêlo para parecerem maiores. Porque é nessas noites que os gatos de Veneza vão à caça de amor.
Também o Ciro andava à caça de amor.
Ciro tinha uma linda voz para miar à lua, enormes olhos cinzentos e uns bigodes muito catitas. Mas as gatas de Veneza viravam-lhe as costas.
É que as gatas de Veneza preferiam gatos de pêlo aveludado, gatos de pêlo ruivo, que são um pouco loucos, gatos malhados, que parecem ter vindo da selva, gatos brancos e doces como o leite.
Preferiam gatos que as cortejassem, que lhes sussurrassem palavras doces ao ouvido e que lhes trouxessem presentes, como ratos mortos ou caudas de lagartos.
Mas Ciro desprezava esse tipo de amor. Achava-o palerma. E dizia-o em voz alta, miando à lua, e as gatas, ofendidas, viravam-lhe as costas.
E o Ciro ficava sempre sozinho.”


 Boa viagem, diverte-te com o Ciro
 e oferece-lhe a tua amizade.

Ilustração Willian Matiola









Sem comentários:

Enviar um comentário

VAIS GOSTAR TAMBÉM DE:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger..."