sexta-feira, 4 de maio de 2018

COISAS DE MÃE

Há muito tempo,
numa aldeia pequenina, pequenina, havia uma casa antiga.
Tinha uma escada de pedra gasta,
e janelas e portas pintadas de azul.
Ao princípio da tarde, na varanda da casa,
uma menina adormecia, todos os dias, 
no colo da sua mãe.
A mãe, sentada numa cadeira, cantava uma canção:


De manhã segue uma estrela
à tarde os girassóis.
De noite segue o silêncio
escondido nos lençóis.

(...)

- Mãe, a que cheiram as maçãs?
A mãe da menina desenhava um cheiro de maçã, perfume de lagarta!
As mães são fadas sem asas
que conseguem fazer coisas impossíveis."







Sem comentários:

Enviar um comentário

VAIS GOSTAR TAMBÉM DE:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger..."